.

.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Temer inclui Antônio Jácome em lista de ‘infiéis’ por voto contra reforma trabalhista


O presidente Michel Temer listou cerca de 25 parlamentares que terão seus aliados demitidos de cargos públicos por terem votado contra o governo na proposta de reforma trabalhista e também por não apoiarem a reforma da Previdência. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, o parlamentar potiguar Antônio Jácome (PTN) está no conjunto.
A estratégia do Palácio do Planalto é tirar os cargos dos parlamentares considerados infiéis e transferir as nomeações para outros, em troca dos votos destes deputados na reforma da Previdência.
O governo considera ter sido traído por cerca de 70 deputados. Espera que as demissões ajudem a reverter a posição do resto do grupo.
Os alvos são deputados que compõem a base de Temer, mas são considerados “irrecuperáveis” — ou seja, traíram o governo e não podem ser convencidos a apoiar a reforma da Previdência.
Há nomes de dez partidos, como o PMDB, o PP e o PSB, que declarou posição contrária às reformas e deve ser o mais atingido.
Alguns dos integrantes da lista, além do deputado Antônio Jácome, são Gonzaga Patriota (PSB-PE), Cícero Almeida (PMDB-AL), Luciano Ducci (PSB-PR), Marcelo Álvaro (PR-MG) e Jony Marcos (PRB-SE).

Fonte: O Natalense




Nenhum comentário:

Postar um comentário