.

.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Hermano destaca os desafios do saneamento na Campanha da Fraternidade



Com o tema “Casa comum, nossa responsabilidade”, a Campanha da Fraternidade 2016, lançada nesta quarta-feira (10), foi assunto do pronunciamento do deputado estadual Hermano Morais (PMDB). A campanha vai alertar sobre o direito de todas as pessoas ao saneamento básico e debater políticas públicas e ações que garantam a integridade e o futuro do meio ambiente. 
 
“O tema foi oportuno diante de tantos acidentes ecológicos e desastres naturais ocorridos ultimamente. Diante dessa importância, apresentamos um requerimento, juntamente com o deputado José Dias para que seja realizada uma sessão solene e assim debatermos com a sociedade as questões do saneamento básico, a fim de garantir o desenvolvimento, saúde integral e qualidade de vida aos cidadãos”, disse Hermano Morais.

O deputado elogiou a escolha de questões ambientais para o debate da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e lembrou o desafio que representa a crise hídrica. “A insegurança hídrica é um dos nossos maiores desafios e isso vai exigir uma série de medidas para viabilizar o abastecimento de água para consumo animal e humano”.

Ainda durante o pronunciamento, o deputado Hermano Morais falou sobre o número de assassinatos no Rio Grande do Norte. “Foram 23 assassinatos, um dos carnavais mais violentos. Isso demonstra a necessidade do Governo continuar investindo em segurança, equipamentos e pessoal, através de concurso”, destacou Hermano Morais.

Campanha da Fraternidade
Lançada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic), a campanha tem como tema “Casa comum, nossa responsabilidade” e o lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”, a campanha também vai tratar do desenvolvimento, da saúde integral e da qualidade de vida aos cidadãos.

Dados divulgados pelo Conic mostram que, mesmo estando entre as maiores economias do mundo, o Brasil tem mais de 100 milhões de pessoas sem saneamento básico.

Dison destaca importância do Transporte Cidadão



Parlamentar disse que projeto do Governo do RN é inovador

Em pronunciamento na sessão plenária desta quinta-feira (11), o deputado Dison Lisboa (PSD) destacou a importância do projeto Transporte Cidadão, que será implantado pelo Governo do Estado e foi anunciado pelo governador Robinson Faria (PSD).

“O Transporte Cidadão é inovador, audacioso e principalmente um gesto de respeito e atenção por parte do Governo, sobretudo aos mais necessitados. No entorno das cidades temos uma parte da população extremamente necessitada, que não em como se deslocar através de suas economias e no entanto precisam dos serviços oferecidos na capital”, afirmou o deputado.
 
De acordo com o Governo, o projeto terá gestão compartilhada entre a Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) e o Departamento de Estradas e Rodagem (DER). O Transporte Cidadão será operacionalizado através de linhas circulares de ônibus de grande porte que terão seus itinerários planejados, ligando pontos entre a Região Metropolitana de Natal e com paradas estratégicas em órgãos como a Central do Cidadão, Hospital Walfredo Gurgel, Liga Norte-riograndense Contra o Câncer, Hospital Giselda Trigueiro, Maternidade Escola Januário Cicco, entre outros.
 
Dison Lisboa ressaltou a importância da iniciativa num momento em que tanto o Governo quanto municípios enfrentam dificuldades financeiras. “O serviço vai contemplar pessoas de baixa renda e desempregados cadastrados no Sine-RN, como gestantes, portadores de necessidades especiais e seus acompanhantes, idosos, beneficiários dos progra
mas sociais de transferência de renda do Governo Federal, entre outros”, explica o deputado.
 

Nova chapa MM poderá se configurar com a ida de Mario Madruga para o PMDB



Nem bem terminou o carnaval e o clima político começa a esquentar dentro base do prefeito Benes Leocádio (PMDB), querem a todo custo lançar a nova chapa MM, dentro do PMDB. A chapa seria Marcio Nunes (prefeito), Mario Madruga (vice).. para isso Mario estaria se filiando ao PMDB nas próximas horas. Mas o que povo tá esquecendo é que a palavra final é a do prefeito Benes, mas se vier acontecer,como ficará os projetos do atual vice prefeito Marcão e do advogado Rosenildo Silva que também são do PMDB ? Vamos aguardar o desenrolar desse moído dentro do PMDB do prefeito Benes Leocádio.