.

.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Ministro do Turismo alerta para regularização dos serviços de viagem.

Aumento do fluxo de viagens nos meses de janeiro e fevereiro reforça necessidade de cuidados na hora de planejar o passeio
Neste período de férias que concentra a maior parte das viagens a lazer do ano, os viajantes precisam estar ainda mais atentos em relação aos serviços que pretende contratar, a fim de evitar surpresas desagradáveis e garantir um passeio seguro. Para auxiliar o turista na fase de planejamento do passeio, o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, recomenda o turista consultar o sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas, o Cadastur.
“O cadastro é uma garantia ao consumidor de que a empresa funciona regularmente e pode prestar serviços turísticos”, destaca o ministro.  O Cadastur reúne cerca de 58 mil empreendimentos turísticos de todo o país. “Assim, para evitar transtornos, o primeiro passo a ser dado pelo viajante é verificar se os fornecedores de pacotes, passeios, passagens e outros serviços estão registrados no sistema, gerenciado pelo MTur”, recomenda Henrique Alves.
O Cadastur recebe cadastros obrigatórios de empreendimentos como meios de hospedagem, agências de turismo, transportadoras, organizadoras de eventos, parques temáticos, acampamentos e guias de turismo.  Dispõe ainda de informações sobre bares e restaurantes, centros de convenções e empresas de apoio ao turismo náutico, que são de cadastramento voluntário.
A movimentação deste período de férias é reforçada por fatores como a valorização do dólar frente ao real e a visibilidade do país com a realização dos Jogos Olímpicos. Além disso, entre os brasileiros que pretendem viajar, 86,4% o fará para destinos nacionais - índice 6,2 pontos percentuais acima do registrado em igual período do ano passado. 
Fonte:Assessoria de Imprensa