sexta-feira, 20 de abril de 2018

Hoje Tem Sessão Na Câmara de Lajes


Logo mais as 09 horas da manhã tem sessão ordinária na câmara municipal de Lajes do cabugi, a sessão será presidida pelo vereador Mael Querino (PDT), presidente do poder legislativo lajense.

Na oportunidade os parlamentares estarão discutindo e debatendo questões importantes em em pró do nosso município.







IV Congresso FAPEREN Mostra O Potencial das Pesquisas Desenvolvidas no RN

Foi iniciado na manhã desta quinta-feira (19), na Escola de Governo, o IV Congresso FAPERN, que tem como tema: Pesquisa e Desenvolvimento Sustentável. O Evento é uma realização da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte (FAPERN), juntamente com a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) e o Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (Igarn).
O Congresso visa fomentar e compartilhar experiências inovadoras, além de proporcionar a transferência de conhecimentos relacionados ao desenvolvimento sustentável. Dentro dessa visão, amanhã (20), às 8h30, acontecerá as apresentações dos painéis e banners. Ao todo 64 trabalhos serão apresentados nas mais diversas áreas do conhecimento.
Os grandes temas que serão apresentados são: Gestão; Monitoramento da Água; Meio Ambiente e Educação Ambiental; Qualidade da Água; Ciência e Espaço; Redução de Resíduos.
Todos os trabalhos apresentados durante o Congresso, serão publicados na revista Ciência Sempre, que é produzida pela Fundação.
A programação completa do IV Congresso FAPERN, encontra-se  disponível no site da FAPERN




INFORMAÇÕES À IMPRENSA:Assessoria de Comunicação da FAPERN - (84) 98885-0574










quinta-feira, 19 de abril de 2018

EMPARN confirma chuvas acima da média no RN


Boa notícia para o estado: tem chovido acima do esperado no Rio Grande do Norte. A Unidade de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) elaborou um relatório com as informações pluviométricas no estado, desde 1º de janeiro de 2018 até ontem (18).
O levantamento revelou que o acumulado ficou 22,3% acima da média, apesar do veranico (período sem chuva) prolongado de março. A média utilizada para o estudo, segundo o chefe da unidade, Gilmar Bristot, refere-se aos dados coletados, no período de 2003 a 2016, dos postos pluviométricos com mais de 30 anos acompanhados pela Emparn.
A pesquisa foi realizada mês a mês e por mesorregião do Estado, em fevereiro, na sede da Emparn, no bairro do Jiqui, em Parnamirim. O estudo confirma as previsões dos meteorologistas do Nordeste e de várias instituições e órgãos nacionais: as chuvas estão acima da média em várias regiões do RN e do Nordeste, principalmente no semiárido, que atravessava seis anos consecutivos de estiagem.
Estatística
No mês de janeiro de 2018, nas quatro regiões do Estado, as precipitações acumuladas chegaram a uma média observada de 50,6mm, quando comparada a uma média histórica de 36,9mm, indicando um desvio positivo de 37,1%.
No mês de fevereiro, as chuvas acumuladas atingiram uma média de 163,4mm, para uma média histórica de 70,5mm, apontando um saldo acima da média de 131,9%.
No mês de março, quando ocorreu o veranico de mais de 20 dias, as chuvas observadas chegaram a 105,6mm, para uma média de 147,6mm, portanto um resultado negativo (-28,4%).
Até o dia de ontem (18), o mês de abril vem apresentando um comportamento altamente favorável principalmente no sertão nordestino. No Rio Grande do Norte não tem sido diferente. O acumulado no Estado chega a 486,8 milímetros, para um histórico do clima de 398,0mm, o que representa 22,3% acima da média.

Foto: Márcia Elisa


-- 
Assecom-RN







(

Investimento no homem do campo


Se tem benefícios para o nosso povo, o nosso prefeito corre atrás. Nesta terça-feira (17), o prefeito Marcão foi até a cidade de Fortaleza (CE) assinar um Termo de Compromisso com o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS).
O objetivo é implantar 03 sistemas coletivos de abastecimento de água, no âmbito do Programa Água para Todos, para atendimento da nossa população.
Para uma melhor qualidade de vida do nosso homem do campo, a Prefeitura busca garantir o amplo acesso à água para as populações rurais dispersas, seja para o consumo próprio ou para a produção de alimentos e a criação de animais.



Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Lajes






O deputado estadual Hermano Morais (MDB) repercutiu, na sessão plenária desta quinta-feira (19), na Assembleia Legislativa, a carta divulgada nesta quarta-feira pela desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Marília Castro Neves, pedindo desculpas a pessoas a quem agrediu nos últimos tempos, entre elas a professora potiguar Débora Seabra, primeira educadora com Síndrome de Down do Brasil.

“Se ela teve capacidade de refletir sobre as declarações equivocadas, tem direito de pedir perdão. Espero que seja sincero”, disse Hermano, após relatar as agressões da desembargadora à vereadora assassinada no Rio de Janeiro, Marielle Franco e ao deputado federal Jean Wyllys, além da própria professora Débora Seabra. “Ela teve que escapar ou se justificar perante o Conselho Nacional de Justiça, que repreendeu pelas atitudes reprováveis”, ressaltou Hermano.

O deputado Hermano Morais disse que a desembargadora feriu a memória da vereadora Marielle, “vítima de um crime até agora não elucidado”, e que sua série de declarações infelizes culminou com o ataque à professora Débora. Em seu pronunciamento, Hermano leu a carta da desembargadora e pediu que ela constasse dos Anais da Assembleia Legislativa, onde também foi registrada a Moção de Repúdio da Casa à desembargadora.

Leia a íntegra da carta

Prezada professora Débora

Estou escrevendo para agradecer a carta que você me mandou e lhe dizer que suas palavras me fizeram refletir muito. Bem mais do que as centenas de ataques que recebi nas últimas semanas. Desculpe a demora na resposta mas eu precisava desse tempo.
Tenho sofrido muito desde que fui atropelada pela divulgação de comentários meus, postados em grupos privados - restritos a colegas da magistratura. Mas alguém resolveu torná-los públicos. Alguns haviam sido postados há tanto tempo que eu nem me lembrava deles. A repercussão foi imensa.

Desde então decidi me recolher. Chorei, fui abraçada e pensei muito.
E de tudo que li e ouvi a meu próprio respeito, foi de você, de quem em um primeiro momento duvidei da capacidade de ensinar, que me veio a maior lição: a de que precisamos ser mais tolerantes e duvidar de pré-conceitos.


Minhas posições pessoais jamais interferiram nas minhas decisões, conhecidas por serem técnicas e, por isso mesmo, quase sempre acompanhadas unanimemente pelos meus colegas de turma julgadora.
Hoje, contudo, percebi que, mesmo quando meu corpo despe a toga, a mesma me acompanha aonde eu for.

As opiniões pessoais de um magistrado, uma vez divulgadas, sempre terão peso, pouco importando ao Tribunal das redes sociais que tenham elas sido ditas em caráter público ou privado e que opinião não seja sentença.
Magistrados também erram e, quando o fazem, incumbe-lhes desculparem-se. Esta carta é justamente isso: um pedido de perdão.

Perdão, Débora, por ter julgado, há três anos atrás, ao ouvir de relance, no rádio do carro, uma notícia na Voz do Brasil, que uma professora portadora de Síndrome de Down seria incapaz de ensinar. Você me provou o contrário.



Aproveito o ensejo para também me desculpar à memória da vereadora Marielle Franco por ter reproduzido, sem checar a veracidade, informações que circulavam na internet. No afã de rebater insinuações, também sem provas, na rede social de um colega aposentado, de que os autores seriam policiais militares ou soldados do Exército, perdi a oportunidade de permanecer calada. Nesses tempos de fake news temos que ser cuidadosos.

Estendo esta reflexão ao deputado Jean Wyllys. Sempre me oporei às suas idéias e às do PSOL, nada mudará isso, mas é evidente que não desejo mal à ninguém.
Obrigada, Débora, por ter me ensinado tanto.



MARILIA DE CASTRO NEVES VIEIRA









,

Novo circuito de vaquejada de Pernambuco começa neste sábado


A partir das 8h deste sábado (21), a Associação dos Criadores de Quarto de Milha de Pernambuco estará dando início ao 1º Circuito ACQM-PE de Vaquejada no Parque Roberta Urquiza, em Vitória de Santo Antão.

Contando com participantes de todo o Nordeste, o evento colocará em disputa mais de R$ 100 mil em prêmios, além de possibilitar às duplas competidoras a conquista de melhores posições no ranking nacional da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM).

A nova competição também é mais uma vitrine para os criadores de equinos apresentarem seus animais que, dependendo do desempenho na competição, podem ganha maior valorização no mercado.


O circuito será disputado em quatro etapas. A três últimas estão programadas para os dias 2 e 3 de junho, em Bezerros, no Parque Haras Pacita; dias 29 e 30 setembro, na Fazenda Santa Fé, também em Bezerros e dias 13 e 14 de outubro, no Centro de Treinamento de Aldeia (CTA). Já no próximo ano, os organizadores esperam ampliar de quatro para seis o número de etapas do circuito.








Homenagem ao Dia do Índio



José Adécio participa de homenagem ao engenheiro Benedito Vasconcelos


O deputado José Adécio participou nesta quinta-feira, 19, da sessão solene da Assembleia Legislativa que homenageou o engenheiro agrônomo Benedito Vasconcelos com o título de “Cidadão Norte-Riograndense”.

Natural de Sobral, no Ceará, Benedito foi professor da UFERSA e UFRN e ocupou várias funções públicas, entre elas a presidência da Emparn (Empresa de Pesquisas Agropecuárias do RN). Além disso, é membro de diversas Academias de Letra, incluindo a norte-rio-grandense, e criou e mantém o Museu do Sertão, localizado em Mossoró.

Para José Adécio, Benedito é mais que merecedor da honraria, diante dos relevantes serviços que prestou ao Rio Grande do Norte.


Assessoria de Comunicação do deputado José Adécio
Foto: João Gilberto/ALRN







O Meu Deus É Um Deus de Miligres


Provai e vede que o Senhor é bom !


Isso posso comprovar com certeza, pois tenho recebido grandes bençãos do meu Deus através da cura divina.Fui curado dos rins,  de uma úlcera no estomago e de um problema cardíaco e saí da hemodiálise pela graça do nosso Deus.

Quero aqui agradecer aos irmãos que oraram por mim, a todos a minha gratidão e que a benção Senhor chegue abundantemente na vida de todos.



F Cruz - Canelinha Diácono da ADEMIRN, e Editor Chefe do Portal de Noticias Foco Sertanejo.





Projeto quer incentivar doação de sangue por meio de mensagens

Crédito da Foto: Eduardo Maia

A Assembleia Legislativa está discutindo uma nova forma para incentivar a doação de sangue no Rio Grande do Norte. O deputado Gustavo Fernandes (PSDB) apresentou projeto de lei que pretende fazer com que os doadores sejam imediatamente informados quando o sangue doado for utilizado. Para o parlamentar, a medida pode contribuir com o aumento no número de doações no Estado.

"O projeto tem como objetivos incentivar a doação de sangue, expressando a importância dos doadores, criar um novo canal para manter o contato com as pessoas que fazem as doações, além de informar o doador sobre a efetiva utilização de seu sangue", argumenta Gustavo Fernandes.

No texto encaminhado pelo deputado, fica determinado que os bancos de sangue no RN fiquem responsáveis por informar diretamente aos doadores quando a doação for efetivamente utilizada para salvar uma vida. Através de SMS, mensagens por aplicativos, e-mail ou carta, os locais que coletarem o sangue farão o comunicado com o texto "Obrigado, você acabou de salvar uma vida!".
"O sangue é extremamente importante no tratamento de vítimas de acidentes, cirurgias, pacientes com câncer e hemofílicos, além de servir para as transfusões. No entanto, os índices de doações de sangue são baixos em todo o mundo, especialmente os do tipo "O" e "B" negativo. No Brasil, 1,9% da população faz a doação regularmente e esse número precisa aumentar", explica Gustavo Fernandes.

Na opinião do parlamentar, a proposta fará com que os próprios doadores divulguem nas redes sociais as mensagens que receberam após o sangue doado ser utilizado, incentivando outras pessoas a colaborarem a procurarem os bancos para contribuir com a causa. Ainda na proposta, fica determinado que só receberá a mensagem de confirmação o doador que mantiver seus dados cadastrados e demonstrar interesse em ser informado pelo banco de sangue.






Alô Pedra Preta, Vem Aí !



quarta-feira, 18 de abril de 2018

Qualificação para o mercado de trabalho


Do agronegócio ao setor têxtil industrial, da qualificação de jovens a capacitação de profissionais já inseridos no mercado de trabalho, a Prefeitura de Lajes investe sempre mais!
Na última terça-feira (10), duas novas turmas iniciaram os cursos de costura industrial e o curso polivalente. No total, serão 45 novos profissionais qualificados para o mercado de trabalho.
Os cursos são realizados por meio da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social.


Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Lajes