quarta-feira, 20 de outubro de 2010

NOTA DE REPÚDIO E APOIO

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte vem através desta manifestar a toda sociedade norte-rio-grandense seu repudio pelo ato de violência que culminou com a morte do comunicador Francisco Gomes de Medeiros, na cidade de Caicó, noite passada.

Para o Parquet Potiguar, o crime contra o radialista e repórter policial F.Gomes deve ser apurado com rigor para responsabilização dos culpados.

Neste sentido, o Ministério Público Estadual já designou o Grupo Especial de Atuação e Repressão ao Crime Organizado — GAERCO — para atuar em conjunto com a Promotoria de Justiça da Comarca de Caicó no sentido de que esse crime não entre para as estatísticas como mais um homicídio impune.

Por oportuno, prestamos nossa solidariedade aos familiares do referido repórter, o qual no exercício de sua profissão, muito contribuiu com a sociedade.

MANOEL ONOFRE DE SOUZA NETO

Procurador Geral de Justiça