segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Presidente do IPEA fala sobre a qualidade da educação no Brasil e os desafios para os próximos anos



A qualidade do ensino no Brasil passa pela valorização do professor. Essa afirmativa é do professor e presidente do Instituto de Pesquisa Aplicada (IPEA), Marcio Pochamann, que durante essa semana participa da 34ª Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd), que neste ano de 2011 é promovido em Natal, no Centro de Convenções, durante os dias 02 a 05 de outubro.
De acordo com o professor, essa questão deverá ser uma das discussões mais fortes do evento e que estará na pauta de todas as conversas e debates da ANPEd. “Acredito que os debates em Natal serão fundamentais para analisarmos esse ponto-chave. Outra questão que abordaremos nesses quatro dias são as metas do Plano Nacional de Educação (PNE). Com esse debate, poderemos dar a nossa contribuição para o projeto. Fora isso, espero que a ANPEd 2011 seja um sucesso de público e que bons trabalhos sejam apresentados nesses dias”, ressaltou Pochmann.
O presidente do IPEA também lembrou que o evento em Natal é uma referencia para os gestores públicos do Brasil e que novas idéias possam sair do evento direto para a pauta das administrações públicas. “A ANPEd é uma boa referencia para todos os professores, alunos e pesquisadores, e mais do que isso, é uma referencia para os governantes. Os debates que serão feitos aqui serviram sim para as pessoas que trabalham com a educação nos estados. As pesquisas de ponta estão aqui. Agora é esperar os resultados”, explicou o presidente do IPEA.


Educação e economia
O presidente do IPEA ainda lembrou que a educação é fundamental para um País crescer e se desenvolver economicamente. “Sem investimentos em educação de qualidade e sem a valorização dos profissionais das escolas e universidades, o País não se desenvolve. É inadmissível pensar em um Brasil forte economicamente sem investimentos pesados em educação. Sem isso, nada caminhará”, explicou o professor.
Marcio Pochmann é formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com especialização em ciências políticas e em relações do trabalho. É mestre e doutor em economia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), e desde 2007 é o presidente do IPEA.

Paulo Correia
9986-7476
ECOAR AGÊNCIA DE NOTÍCIAS