segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Prefeitura de Lajes não paga insalubridade aos trabalhadores do Matadouro...

A prefeitura de Lajes permanece devendo aos funcionários públicos de várias áreas.

Nesta ocasião, quero referir-me aos trabalhadores do matadouro público de nossa cidade.

O trabalho realizado por eles é insalubre - eles trabalham com armas cortantes para matarem os animais, trabalham com contato direto com sangue e outras substâncias de todo tipo de animal.

A fiscalização sanitária deixa a desejar - basta ver o modo como é transportada irregularmente a carne dos animais mortos para venda no mercado público. 'O resto nem se fala'.

Esses cidadãos estão sem receber a insalubridade e NÃO fazem uso de EPI - equipamento de proteção.

Eles estãos sujeitos a contaminarem-se a qualquer momento ou envolverem-se num acidente de trabalho pela falta do uso de equipamentos adequados.

Está registrada a denúncia. Nossa redação vai encaminhar cópia ao Ministério Público em Lajes/RN, uma vez que os órgãos competentes não cumprem com suas atribuições. CABE À IMPRENSA LIVRETORNAR PÚBLICO PARA QUE ASSIM - E SÓ ASSIM - SOLUCIONE-SE O PROBLEMA.

PARA COMPROVAR NOSSA DENÚNCIA - REPUBLICAMOS "O DESABAFO" DE UM PROFISSIONAL DOS SERVIÇOS URBANOS DE LAJES QUE SOFRE AS CONSEQUÊNCIAS DO DESCASO DO PREFEITO PARA COM OS SERVIDORES PÚBLICOS:

Mensagem ao S.r. Prefeito de Lajes: Benes Leocádio


Após ter enviado duas mensagens ao Executivo Municipal sem ter a devida resposta, venho através do Blog, perguntar ao senhor Prefeito, pelo menos para ver se obtenho resposta.

Senhor Prefeito Benes, nós que fazemos parte da Secretaria de Serviços Urbanos, ainda estamos a espera do tal médico para sabermos o grau de insalubridade, pois um serviço tão importante ao município de Lajes ser tão desprestigiado dessa forma. É uma vergonha que até esse presente momento nós como profissionais não tenhamos uma devida reposta.
Estamos ainda a espera do médico, a morosidade é o que de fato tudo isso parece. Agradecemos qualquer resposta, Atenciosamente Juvino Roberto.

Fonte: Blog do Juvino http://www.juvinoroberto.blogspot.com/ - Acessado em 09/12/2011, às 18:30hs