quarta-feira, 25 de julho de 2012


Marta e Cristiane brilham, Brasil goleia e estreia com o pé direito nos Jogos

Antes mesmo da festa de abertura, de a tocha chegar ao Estádio Olímpico, do desfile das delegações ou do show do ex- Beatle Paul McCartney, na sexta-feira, os brasileiros já tiveram sua primeira alegria nos Jogos Olímpicos. Em busca da inédita e tão sonhada medalha de ouro, a seleção brasileira feminina de futebol - comandada por Marta e Cristiane - estreou com goleada por 5 a 0 sobre Camarões e deu o pontapé inicial da delegação brasileira com o pé direito nos Jogos de Londres.
Marta, com duas bolas na rede, e Cristiane, que tornou-se a maior artilheira da história do torneio olímpico, com 11 gols, foram os destaques do Brasil. O jogo foi no Millenium Stadium, em Cardiff, País de Gales, já que a competição de futebol não será concentrada somente em Londres. O palco é o mesmo da estreia do futebol masculino, nesta quinta-feira, às 15h45m, contra o Egito. O SporTV transmite a partida ao vivo, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.
Com a vitória, o Brasil assumiu a liderança do Grupo E. Com três pontos, tem a mesma pontuação da Grã-Bretanha – que venceu mais cedo a Nova Zelândia no mesmo estádio -, mas um saldo de gols melhor. Somando as duas partidas, 30.847 torcedores foram ao Milleunium Stadium, segundo o site de "BBC". O estádio tem capacidade para 70.000 pessoas, mas a carga de ingressos foi de 40.000. 

Sustos e gols 
Antes de a bola rolar, dois sustos. Ao entrar em campo, as brasileiras usavam o uniforme antigo da seleção, ainda com a faixa verde na altura do peito. Outra surpresa foi a ausência de Cristiane. Voltando de lesão e ainda sem ritmo, a artilheira das duas últimas edições dos Jogos Olímpicos começou no banco e deu lugar a Thaisinha. 
 Com a bola rolando, outro susto. As africanas surpreenderam e tomaram a iniciativa do jogo. A pressão inicial, que durou quatro minutos e rendeu dois escanteios para Camarões, até deu a impressão de que as brasileiras teriam um jogo duro pela frente. Ledo engano. Aos seis minutos, o Brasil já estava na frente. Com maestria, Francielle cobrou falta sofrida por Fabiana na entrada da área e contou com a colaboração da goleira Ngo Ndom. 
Três minutos depois, a seleção ampliou. Após escanteio, a zagueira Renata Costa subiu mais alto do que a defesa de Camarões e cabeceou forte, porém em cima de Ngo Ndom. A fraca goleira africana, no entanto, demorou uma eternidade para levantar os braços e viu a bola passar a centímetros de sua cabeça. Falha grosseira: 2 a 0.

Fonte: Globo.com