quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Fernando Pedroza: Eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal é marcada por clima tenso e ânimos exaltados

Aconteceu hoje pela manhã na Câmara de Vereadores de Fernando Pedroza, a eleição para a nova mesa diretora que ocupará a casa no biênio 2015/2016. A eleição que aconteceria ano que vem foi antecipada, o que deixa sempre muita gente confusa.

A eleição aconteceu a partir das 10 horas, no plenário do poder legislativo pedrozensse, do qual o Blog Panorama Angicano esteve presente no plenário da Câmara acompanhando a votação.

O Clima foi tenso e os ânimos se exaltaram-se entre os vereadores presentes. Foram registrada duas chapas: Chapa I (João Maria Braga - Presidente e Rivaldo Cruz - Vice-Presidente) e Chapa II (J. Neto Gonçalves - Presidente e Edson Faustino - Vice-Presidente).

Por 5 x 3 venceu a chapa I da oposição encabeçada pelo vereador João Maria Braga, o João de Chota. A chapa I foi articulada pelo ex-prefeito Gondemário Miranda, onde se fez presente no plenário no ato da eleição. A chapa vencedora recebeu os votos dos vereadores: Rivaldo Cruz, Francimário Araújo, Magnos Paulo, Francisco Kleiber e do próprio eleito presidente, João de Chota, totalizando cinco votos.

A chapa II do qual foi derrotada e foi encabeçada por J. Neto Gonçalves receceu os votos dos vereadores Mário Miranda e Karlos Magnos, além do próprio J. Neto.

Fato Inusitado I: O primeiro fato inusitado registrado foi por parte do vereador Edson Faustino que resolveu votar em BRANCO, onde o mesmo fazia parte da chapa II como candidato a vice-presidente. Porém, o mesmo preferiu anular o seu voto.

Fato Inusitado II: O vereador Karlos Magnos na hora em que deu seu voto na chapa de J. Neto se voltou para a população e mostrando seu voto disse que foi, é e sempre será fiel ao ex-prefeito Gon. Mas, o vereador conhecido por "Pretinho", preferiu não acompanhar o pedido do ex-prefeito, o contrariando e votando no vereador J. Neto.

Fato Inusitado III: O vereador J. Neto pediu uso da palavra e reconheceu sua derrota, porém, afirmou que vai contestar da decisão da eleição. O vereador afirmou que "existiu coisas erradas na eleição" e que vai entrar com uma ação judicial para anular a votação onde elegeu a mesa diretora para o biênio 2015/2016.

Fato Inusitado IV: Após o discurso do vereador J. Neto, o presidente concedeu uso da palavra para os demais vereadores e com isso foi contestado pelo vereador que anteriormente fez uso da palavra, do qual o edil afirmou que em uma eleição normal se faz apenas o uso da palavra o candidato eleito e o candidato derrotado.

Fato Inusitado V: Com o clima tenso e o vereador pedindo questão de ordem disse que infelizmente vinha sendo "metralhado" pelos seus pares e que iria tomar todas as decisões cabíveis para que a eleição fosse anulada e por essa falta de decoro se retirava naquele momento da sessão de escolha do novo presidente da CMFP. Com isso, o vereador J. Neto Gonçalves se retirou do plenário antes do término da sessão que escolheu a nova mesa diretora da Câmara Municipal de Fernando Pedroza.

Fato Inusitado VI: O vereador Francimário Araújo querendo se mostrar emocionado em seu discurso falou que para ele existia apenas dois lados neste mundo: O lado de Deus e o seu prórpio lado... Do Blog: De acordo com o discurso do vereador Francimário ele não tem interesse em ficar ao lado do povo... Ou seja, ele disse corretamente que tem o lado de Deus e incorretamente do seu lado olhando apenas para o seu lado pessoal e esquecendo assim o interesse do povo de Fernando Pedroza.

Por Gilberto Rocha.