.

.

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Bolívia ameaça enviar marinha para enfrentar EUA caso Trump invada Coreia do Norte


O presidente boliviano Evo Morales declarou, no início da noite de hoje, que, caso seja declarada a terceira guerra mundial, seu país será aliado da Coreia do Norte.
Morales afirmou que tal posicionamento se dá em razão de “ser contra o imperialismo estadunidense” e considerou uma afronta o que chamou de ameaças de Trump ao soberano povo nortecoreano.
SE TRUMP CUMPRIR SUA PALAVRA E BOMBARDEAR OU INVADIR A COREIA DO NORTE, NÃO HESITAREMOS EM ENVIAR NOSSA MARINHA PARA ENFRENTÁ-LOS”.
 As declarações de Morales mudam por completo o quadro da conjuntura internacional, pois até então todos os especialistas acreditavam que as potências do ocidente, como a Bolívia, se alinhariam com os Estados Unidos.
Alguns estudiosos, no entanto, consideram improvável o cumprimento da palavra de Morales, já que a Bolívia não tem saída para o mar, o que dificultaria a mobilização da marinha do país para a guerra.









Nenhum comentário:

Postar um comentário