.

.

sábado, 15 de abril de 2017

Lava Jato Vaza Delação Que Inocenta Lula


Mais um vazamento seletivo da Lava Jato com o objetivo de acertar a imagem do ex presidente Lula (PT), entra para as estatísticas. Mas dessa vez, a leitura é curiosa, só quem chegou ao final da matéria do publicada pelo o Estadão pode compreender que trecho de duas delações premiadas mais parecem servir de peça de defesa para Lula nas denuncias de tráfico de influência internacional e recebibento de propina via empresa de palestras, a LILS.

As delações obtidas pelo Estadão, são de Flávio Gomes Machado Filho e  Otávio Azevedo executivo e ex presidente da Andrade Gutierrez.

Conta nos documentos divugado pelo estadão os ¨Detalhes¨da participação de Lula em negócio da Andrade gutierrez na Venezuela.

O jornal GGM que trecho vazado da Lava Jato delatores no Estadão, negam que o ex presidente Lula tenha pedido ou recebido qualquer vantagem ao apresentar a Andrade Gutirrez ao ex  presidente Hugo Chávez Numa reunião que aconteceu em Recife; á força-tarefa da Lava Jato, Azevedo negou que a empresa pago propina a Lula via contratação fictícia de palestras pela empresa LILS, O executivo confirmou as cinco palestras foram comprovadamente executadas por Lula. 


Fonte GGM



Nenhum comentário:

Postar um comentário