.

.

sábado, 1 de julho de 2017

Em evento do Ronda Cidadã, governador apresenta queda de 17% em homicídios no RN


O índice de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), ou homicídios, caiu entre maio e junho no Rio Grande do Norte. Os números foram apresentados pelo governador Robinson Faria, na tarde deste sábado, 1º, em evento do programa Ronda Cidadã em Mossoró. O sexto mês do ano aparece com queda de 17% em relação ao mês anterior - referente a todo estado - e de 28% em relação à capital do Oeste. Já em Natal, a redução foi de 19%.

A luta é árdua. Estes resultados divulgados são parte de uma política pública de segurança que confia e valoriza os nossos policiais”, assinalou o governador Robinson Faria. “Trabalharemos de cabeça erguida até os últimos dias para devolver a segurança ao povo do Rio Grande do Norte”, continuou.



Quando a mesma comparação entre maio e junho de 2017 é feita dividindo o estado em quatro regiões, é possível observar uma queda de até 70% (Central Potiguar). No Oeste Potiguar, segunda área em números de homicídios, a queda é de 22%.
Sheila Freitas, secretária estadual de segurança pública, reforçou o compromisso assumido pelo governador. “Nossa missão de devolver a tranquilidade ao povo potiguar continua sendo nosso maior foco. E estamos trabalhando muito para isso”, destacou.

RONDA CIDADÃ

O evento realizado no Segundo Batalhão da Polícia Militar teve como objetivo ouvir da população, através de seus representantes, impressões e sugestões sobre o programa Ronda Cidadã em Mossoró. O programa tem apresentado resultados consistentes na cidade. Nos quatro bairros onde esta política foi implantada (Santo Antônio, Barrocas, Pilões e Bom Jardim), observou-se nos últimos 70 dias queda de 21% nos homicídios, 46% nos roubos e 22% no número de veículos roubados.

O líder comunitário de Santo Antônio, Onésimo Morais, parabenizou o governo pela iniciativa. “O programa tem atendido as expectativas e os números estão aí pra provar isso. Mas nossa sensação na comunidade é maior que os números”, assinalou.



O comandante da Polícia Militar, coronel Azevedo, afirmou que há todo o interesse do estado em dar continuidade ao programa, e para que isso aconteça: ele conta com a parceria das comunidades. “Estamos fortalecendo este programa com a colaboração de todos”, destacou. Em seguida, fez um paralelo entre os índices de Mossoró 70 dias antes e 70 dias depois da instalação do programa. “Tivemos uma redução de 21% no número de homicídios, de 46% em crime contra o patrimônio, e aumentaram em 14% as prisões por tráfico de drogas”

RECONHECIMENTO

O governador Robinson Faria, durante discurso, anunciou a entrega de uma medalha de mérito operacional aos familiares do policial Ednaldo Carlos Fernandes Duarte, que morreu após ter sofrido infarto durante uma operação policial e homenageou a memória do PM.
Fotos: Ivanízio Ramos












Nenhum comentário:

Postar um comentário