quarta-feira, 30 de março de 2016

FAPERN lança o edital do Programa Pesquisa para o SUS

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte (FAPERN), divulgou na última terça-feira (22), o Edital FAPERN 02/2016 do Programa Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde (Ppsus).

O Programa que está na sua quarta edição no Rio Grande do Norte, é promovido pela FAPERN, em parceira com o Ministério da Saúde (MS), por meio do Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (Decit/Sctie), com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e com a Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) e terá o valor total de R$ 1,600 milhão para o desenvolvimento das pesquisas.

Nesta edição do Programa as linhas temáticas foram divididas em cinco eixos: Gestão e Organização das Redes de Atenção à Saúde; Gestão do Trabalho e Educação Permanente em Saúde; Vigilância de Riscos e Agravos; Atenção à Saúde com Equidade e Integralidade e Inovação Tecnológica em Saúde.

Os pesquisadores podem submeter suas propostas a partir de desta quarta-feira (23), enviando-as por meio eletrônico através do Formulário Online contido no Sistema de Informação de Ciência e Tecnologia em Saúde (SISC&T), disponível na página do MS no endereço: http://portal2.saude.gov.br/sisct/

Após o preenchimento do formulário online, as propostas impressas devem ser enviadas para a sede da FAPERN, exclusivamente via Correios, por meio de Sedex com Aviso de Recebimento (AR) até o dia 6 de maio.


PPSUS

O Programa Pesquisa para o SUS (Ppsus), é uma iniciativa de descentralização de fomento à pesquisa em saúde nas Unidades Federativas que promove o desenvolvimento científico e tecnológico, visando atender as peculiaridades e especificidades de cada estado brasileiro e contribuir para a redução das desigualdades regionais.

Além de apoiar atividades de pesquisa, mediante aporte de recursos financeiros a projetos que promovam o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação na área da saúde visando o fortalecimento do SUS no Estado.

Aqui no Estado do Rio Grande do Norte estamos na quarta edição do programa. Nas três primeiras edições foram beneficiados 68 projetos.