sábado, 23 de março de 2013


Esse é o meu Sertão
 
"A vida aqui só é ruim quando não chove no chão, mas se chuver dar de tudo, fartura tem de montão. Tomará que chova logo, tomará meu Deus, tomará. Só deixo meu Cabugi no último pau de arara".
 
Assim canta o sertanejo do sertão do Cabugi. Um sertão forte que vem enfrentando a mais extensa seca já vivida nos últimos anos, mas com a esperança e a confiança no Deus que tudo pode. É dura a realidade vivida por este sertanejos que acima de tudo não perderam as suas esperanças.
 
Um bom domingo a todos. Foco Sertanejo.